Mundo

Lagarde, do BCE, vê recuo no risco sobre o crescimento além do curto prazo

Crédito: Olivier Matthys/Pool via REUTERS

Presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde (Crédito: Olivier Matthys/Pool via REUTERS)

FRANKFURT (Reuters) – A pandemia de coronavírus pesará sobre o crescimento econômico da zona do euro nos próximos meses, mas os riscos de longo prazo estão diminuindo e o crescimento vai acelerar uma vez que as medidas de lockdown possam ser suspensas, disse a presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde, nesta quinta-feira.

“Em geral, os riscos em torno da perspectiva de crescimento da zona do euro se tornaram mais equilibrados, embora os riscos de queda associados à pandemia permaneçam no curto prazo”, disse Lagarde em comunicado que ecoa a postura do banco sobre a política monetária após a reunião de março.

+ S&P 500 atinge máxima recorde com ganhos em ações relacionadas a tecnologia
+ ONU pede adesão à convenção que proíbe minas antipessoais

Repetindo a orientação do BCE, Lagarde disse que os 1,85 trilhão de euros reservados no Programa de Compras de Emergência na Pandemia (PEPP, na sigla em inglês) podem não ser gastos completamente, mas o BCE também se reservou o direito de aumentar essa cota, caso as condições do mercado assim o justifiquem.



(Por Balazs Koranyi)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH370TE-BASEIMAGE

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km