Mundo

Lagarde, do BCE, vê recuo no risco sobre o crescimento além do curto prazo

Crédito: Olivier Matthys/Pool via REUTERS

Presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde (Crédito: Olivier Matthys/Pool via REUTERS)

FRANKFURT (Reuters) – A pandemia de coronavírus pesará sobre o crescimento econômico da zona do euro nos próximos meses, mas os riscos de longo prazo estão diminuindo e o crescimento vai acelerar uma vez que as medidas de lockdown possam ser suspensas, disse a presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde, nesta quinta-feira.

“Em geral, os riscos em torno da perspectiva de crescimento da zona do euro se tornaram mais equilibrados, embora os riscos de queda associados à pandemia permaneçam no curto prazo”, disse Lagarde em comunicado que ecoa a postura do banco sobre a política monetária após a reunião de março.

+ S&P 500 atinge máxima recorde com ganhos em ações relacionadas a tecnologia
+ ONU pede adesão à convenção que proíbe minas antipessoais

Repetindo a orientação do BCE, Lagarde disse que os 1,85 trilhão de euros reservados no Programa de Compras de Emergência na Pandemia (PEPP, na sigla em inglês) podem não ser gastos completamente, mas o BCE também se reservou o direito de aumentar essa cota, caso as condições do mercado assim o justifiquem.

(Por Balazs Koranyi)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH370TE-BASEIMAGE

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel