Giro

Kaja Kallas é nomeada primeira-ministra da Estônia

Kaja Kallas é nomeada primeira-ministra da Estônia

Kaja Kallas - AFP

A líder da oposição na Estônia, Kaja Kallas, tornou-se nesta quinta-feira (14) a primeira mulher nomeada para chefe de Governo neste país báltico, enquanto se aguarda a decisão do Parlamento.

Kallas, a líder do partido Reforma, é pró-europeia convicta e filha do ex-primeiro-ministro Siim Kallas.

Aos 43 anos, substituirá Juri Ratas, que renunciou na quarta-feira depois que seu partido Centro passou a ser investigado por corrupção.

Sua renúncia acabou com a coalizão de centro-direita no poder, que incluía o partido de extrema direita EKRE.

“O povo da Estônia e eu esperamos que a Estônia tenha rapidamente um governo ativo e competente focado em administrar a pandemia e a crise econômica”, disse o presidente Kersti Kaljulaid em um comunicado.

O partido de Kallas venceu as eleições parlamentares de 2019, mas não obteve a maioria absoluta e não conseguiu formar uma coalizão governamental.

Ex-eurodeputada influente, Kallas, apaixonada por inovação, acredita que os regulamentos não devem impedir a revolução da tecnologia digital.

Defendendo os direitos das pequenas e médias empresas, considera que as fronteiras do mundo digital impedem o surgimento de empresas inovadoras.

Kallas agora tem 14 dias para obter o apoio da maioria no parlamento. Seu partido e o partido do Centro anunciaram que estavam iniciando negociações de coalizão.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel