Giro

Justiça prorroga apoio da Força Nacional em presídio de Brasília por 180 dias

O Ministério da Justiça e Segurança Pública prorrogou o emprego da Força Nacional por mais 180 dias em apoio ao Departamento Penitenciário Nacional, na Penitenciária Federal de Brasília, no Distrito Federal. A Portaria que estende o prazo do apoio, pelo período de 9 de março a 4 de setembro de 2020, está publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira, 27. Esse prazo poderá ser prorrogado se necessário e se houver solicitação.

Pará

Em outra Portaria, também publicada na edição de hoje do DOU, o Ministério da Justiça prorroga por 360 dias o emprego da Força Nacional de Segurança Pública em apoio ao Ministério de Minas e Energia, no Estado do Pará. O objetivo do apoio da Força Nacional na região é “garantir a incolumidade das pessoas, do patrimônio e a manutenção da ordem pública nos locais em que se desenvolvem os trabalhos de desmontagem das estruturas dos canteiros de obras, a recuperação de áreas degradadas, os serviços e demais atividades atinentes ao Ministério de Minas e Energia, em caráter episódico e planejado”.

O período da prorrogação compreende de 5 de março de 2020 a 27 de fevereiro de 2021. Esse prazo também pode ser prorrogado, se houver necessidade e solicitação pelo órgão apoiado.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?