Economia

Justiça: peritos do INSS não podem ter ponto cortado se não retornarem, diz TV

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

O magistrado teria ainda suspendido a determinação do governo que convocou os peritos para o trabalho nas agências do INSS (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)

O juiz substituto da 8ª vara do Distrito Federal, Márcio de França Moreira, determinou que os médicos peritos Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que não retornarem ao trabalho não terão o ponto cortado nem as horas descontadas, segundo a Globo News.

O magistrado teria ainda suspendido a determinação do governo que convocou os peritos para o trabalho nas agências do INSS. Também derrubou a ordem que apontava que as unidades da Previdência Social tiveram vistoria sanitária, por causa da pandemia da covid-19, e que estavam prontas para o atendimento presencial, destacou o canal de TV.

+ INSS vai aumentar capacidade de atendimento da Central 135
+ INSS atualiza para 351 peritos médicos que voltaram ao trabalho
+ INSS divulga regras para vistoria de agências por peritos 

Na semana passada, o órgão federal anunciou a volta às atividades e que os médicos peritos que não voltassem, sem justificativa, teriam registro de falta e desconto no salário.



Mas a categoria de especialistas não concordou, questionando a qualidade e resultados das vistorias anunciadas pelo governo.

 

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel