Giro

Justiça determina bloqueio de vídeos de Russomanno contra Boulos

Crédito: RS via Fotos Publicas

Guilherme Boulos (centro) diz que acusação de Russomanno é falsa e Justiça Eleitoral vai contra candidato do Republicanos (Crédito: RS via Fotos Publicas)

A Justiça Eleitoral ordenou neste domingo (15) que o WhatsApp impeça o compartilhamento de um vídeo postado pela campanha de Celso Russomanno (Republicanos), candidato à Prefeitura de São Paulo, contra Guilherme Boulos (PSOL).

A decisão, emitida pelo juiz eleitoral Emílio Migliano Neto, atende um pedido feito pela campanha de Boulos onde Russomanno é acusado de propagar fake news.

+ “Bolsonaro é o grande derrotado nessa campanha”, diz Jilmar Tatto em SP
+ Candidatos à prefeitura de São Paulo votaram de manhã
+ ‘A gente criou um segundo centro’, diz Márcio França

Segundo o UOL, o vídeo utiliza trechos de outros dois vídeos produzidos por um blogueiro ligado ao grupo político do presidente Jair Bolsonaro, onde Boulos é acusado de utilizar empresas fantasmas para lavar dinheiro na corrida eleitoral deste ano.

O blogueiro em questão é Oswaldo Eustáquio, acusado no inquérito das fake news que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF). A fala de Russomanno, citando a história das empresas de fachada, foi feita durante um debate na última semana.

“[O vídeo] é integralmente dedicado à propagação de mentiras sobre o representante [Boulos] (…), e foi publicado estrategicamente, justamente no momento em que Guilherme Boulos participava de debate eleitoral pela Folha/UOL; e simultaneamente, no instante em que o também candidato à Prefeitura, Celso Russomanno, mencionou o fato, que não foi noticiado por nenhum veículo de mídia profissional”, disse a defesa de Boulos na ação.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel