Finanças

Juros passam a cair após Campos Neto sinalizar não alterar ‘plano de voo’

Os juros futuros abriram a terça-feira perto da estabilidade. Em seguida, passaram a subir e há pouco bateram mínimas e estão em baixa após o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto dizer que o BC levará a Selic “onde precisar para alcançar meta de inflação”, mas ressaltar que o “BC não vai alterar plano de voo a cada número novo de alta frequência que saia”, sinalizando que o BC pode não apertar ainda mais o ritmo de aperto monetário, como o mercado precifica na curva de juro, com uma alta de 150 pontos-base na próxima semana.

Hoje é o último dia em que o BC pode dar qualquer sinalização para o mercado antes de entrar no período de silêncio de uma semana que antecede o Comitê de Política Monetária (Copom).

Às 9h35, a taxa do depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2027 caía para 10,43%, de 10,49% no ajuste de ontem. O DI para janeiro de 2023 cedia para 8,94%, de 9,16%, e o para janeiro de 2022 recuava para 7,040%, de 7,324% no ajuste anterior.



Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Tópicos

taxas de juros