Economia

Juncker se diz preocupado com desaceleração da economia da Itália

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, disse hoje estar “ligeiramente preocupado” com a desaceleração da economia italiana e demonstrou esperança de que o governo do país aja para impulsionar o crescimento.

“Autoridades italianas precisam fazer esforços adicionais para manter ativo o crescimento na Itália”, disse Juncker, durante coletiva de imprensa conjunta com o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte.

Juncker ressaltou que quando a UE aprovou o polêmico orçamento da Itália, que prevê aumento dos gastos sociais, a comissão previa que o Produto Interno Bruto (PIB) do país cresceria 1,2% em 2019.

Desde então, porém, a Itália entrou em recessão e várias entidades reduziram suas projeções de crescimento, incluindo a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), que prevê contração de 0,2% da economia italiana este ano.

Em relatório, a OCDE sugeriu à Itália que implemente “reformas ousadas” para lidar com a baixa produtividade e combater desigualdades sociais e regionais. Fonte: Associated Press.

+ Jaguar Land Rover: a luta contra a falta de confiança dos consumidores

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel