Política

Juiz responsável pela Lava Jato no Rio recebe reforço

O juiz federal Marcelo Bretas, responsável pelos desdobramentos da Lava Jato no Rio, terá reforço a partir de 18 de julho com a chegada de outra juíza para trabalhar em alguns processos da 7.ª Vara Federal Criminal não ligados à operação. A corregedora regional da Justiça federal da 2.ª Região, a desembargadora Nizete Antônia Lobato Rodrigues Carmo, designou a juíza Caroline Vieira Figueiredo para prestar auxílio à 7.ª Vara até 19 de dezembro.

A magistrada trabalhará nos processos em trâmite na 7.ª Vara, com exceção aos ligados à Lava Jato e às investigações da Eletronuclear. A juíza também não atuará nos desdobramentos da Lava Jato, como a Operação Calicute, que levou à prisão o ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB), a sua mulher Adriana Ancelmo, entre outros réus.

Caroline é atualmente substituta na 3.ª Vara Federal de Volta Redonda, que tem como titular a juíza Alessandra Belfort Castro.

Esse é mais um esforço feito pelo Tribunal Regional Federal da 2.ª Região (TRF2) para que Bretas tenha mais estrutura para trabalhar com os processos. Em abril, o magistrado teve a segurança reforçada no primeiro ato de gestão do novo presidente do TRF2, André Fontes.

A medida foi autorizada tendo “em vista a notória repercussão dos processos”, conforme portaria assinada pelo desembargador.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?