Giro

Juiz pede para investigar três ministros por explosão no porto de Beirute

Juiz pede para investigar três ministros por explosão no porto de Beirute

Helicóptero entra no combate ao incêndio após uma explosão no porto de Beirute, capital do Líbano, em 4 de agosto de 2020 - AFP

O juiz que instrui a investigação sobre a terrível explosão de 4 de agosto no porto de Beirute pediu ao Parlamento para investigar três ministros por sua possível responsabilidade na catástrofe, anunciou nesta terça-feira (24) uma fonte judicial.

O juiz Fadi Sawan pediu em carta ao Parlamento – onde há um órgão habilitado para julgar os membros do governo – a abertura de uma investigação sobre o ministro de Infra-estruturas e Transportes, Michel Najjar, assim como os de Finanças, Ghazi Wazni, e da Justiça, Marie-Claude Najm, segundo a mesma fonte.

Também pede que se investigue o papel de outras pessoas que ocuparam as mesmas funções ministeriais nos três governos precedentes.

As investigações feitas pelo juiz deram espaço a “algumas suspeitas sobre a responsabilidade destes ministros e suas falhas na gestão da presença no porto do nitrato de amônio”, cuja explosão deixou mais de 200 mortos e milhares de civis, além de ter destruído boa parte da capital, acrescentou a fonte.

Os altos funcionários libaneses se negam à possibilidade de uma investigação internacional sobre este assunto, apesar dos apelos tanto dentro quanto fora do Líbano para que as investigações ocorram de forma independente.

O governo se demitiu após a tragédia, mas continua despachando os assuntos correntes, pois ainda não foi possível formar um novo governo.

Por enquanto foram detidas 25 pessoas no âmbito da investigação em curso.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel