Giro

Jordânia insiste em solução de dois Estados em conflito Israel-Palestina

Jordânia insiste em solução de dois Estados em conflito Israel-Palestina

Colônia israelense em construção em Givat Zeev, próximo à cidade palestina de Ramallah, na Cisjordânia - AFP/Arquivos

A Jordânia advertiu Israel nesta terça-feira (2) que os acordos de paz estabelecidos com vários países árabes não podem substituir a resolução do conflito palestino com base em dois Estados.

“Todos os acordos de paz assinados por Israel com os países árabes, incluindo o tratado de paz com a Jordânia, não podem substituir a resolução da questão palestina com base em dois Estados”, declarou o ministro jordano das Relações Exteriores, Ayman Safadi, segundo um comunicado.

O chanceler transmitiu essas afirmações ao seu homólogo israelense, Gaby Ashkenazi, em um encontro na ponte Allenby (ou ponte do rei Hussein), uma passagem controlada por Israel e que une a Cisjordânia ocupada com a Jordânia.

O ex-presidente americano Donald Trump impulsionou os acordos de normalização com Emirados Árabes Unidos, Bahrein e Sudão, deixando de lado as negociações entre Israel e os palestinos.

“Alcançar uma paz justa e global passa pela solução de dois Estados, com um Estado palestino independente com Jerusalém ocupada como capital”, insiste o comunicado do ministério jordano das Relações Exteriores.

Safadi também reiterou a “necessidade de parar de construir e estender as colônias, de demolir as casas (palestinas) e outras práticas ilegais que prejudicam a solução de dois Estados e todas as possibilidades de alcançar uma paz justa sem a qual a região não terá paz e estabilidade”.

Os dois responsáveis, que já se reuniram em 3 de dezembro neste mesmo local, também conversaram sobre as exportações da Jordânia para a Cisjordânia, e Safadi afirmou que é preciso retirar as restrições israelenses que as dificultam.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel