Economia

Jeff Bezos compra apartamento de R$ 85 milhões em Manhattan

Crédito: AFP/Arquivo

O fundador e CEO da Amazon, Jeff Bezos, comprou um apartamento de US $ 16 milhões este mês, valor que no câmbio de hoje é de aproximadamente R$ 85 milhões, em Manhattan (Crédito: AFP/Arquivo)

O fundador e CEO da Amazon, Jeff Bezos, comprou um apartamento de US $ 16 milhões este mês, valor que no câmbio de hoje é de aproximadamente R$ 85 milhões, em Manhattan. O novo imóvel entra em um grupo de unidades que o executivo já possui em Nova York, que somam outros US$ 80 milhões, segundo a CNN, com base em registros imobiliários da cidade.

O processo de venda levou pouco tempo, o que é considerado rápido para os padrões de imóveis de luxo. Documentos apontam para um contrato assinado em 25 de fevereiro e a venda finalizada em 7 de abril.

+ Em meio à pandemia, Jeff Bezos, da Amazon, fica ainda mais rico
+ Jeff Bezos diz que Amazon está desenvolvendo testes para coronavírus
+ Jeff Bezos e Zuckerberg perdem US$ 13,7 bilhões com queda da bolsa 

Não se sabe ao certo qual é o objetivo da pessoa mais rica do mundo. Bezos tem patrimônio líquido de US $ 113 bilhões, de acordo com um relatório da Forbes. Mas pelos registros de imóveis, a cobertura e mais dois imóveis que ele adquiriu em junho de 2019, em um único edifício, já têm licença para construção, o que sinaliza obras para criar a cobertura dos sonhos dos EUA, aponta o site Realtor.

 

 

+ Jaguar Land Rover: a luta contra a falta de confiança dos consumidores

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel