Giro

Japão suspende reservas de voos de entrada no país por preocupação com a variante ômicron

Crédito:  - AFP

Passageira no aeroporto internacional Haneda, de Tóquio (Crédito: - AFP)

O governo japonês solicitou às companhias aéreas que não aceitem novas reservas de passagens para voos de entrada no país durante um mês devido à preocupação com a variante ômicron, informou nesta quarta-feira (1) o ministério dos Transportes.



O país confirmou na terça-feira o primeiro caso detectado da nova variante e nesta quarta-feira, pouco antes de anunciar a suspensão de voos, anunciou um segundo caso detectado em um passageiro que desembarcou em Tóquio.

“Pedimos às companhias aéreas que parem de aceitar as reservas para novos voos de entrada durante um mês, a partir de 1º de dezembro”, declarou à AFP uma fonte do ministério dos Transportes. Ele explicou que as reservas existentes não serão afetadas.

Efeito da variante Ômicron no petróleo pode atingir etanol, diz Bioagência

O governo nipônico endureceu as já severas medidas nas fronteiras, com a proibição de entrada de cidadãos não japoneses procedentes de 10 países do sul da África.

+ O economista Paulo Gala revela os caminhos para investir bem em 2022



Também reforçou as medidas de quarentena para os japoneses e os residentes estrangeiros procedentes de outros países e territórios após a detecção da ômicron.

As autoridades japonesas informaram um segundo caso da variante em um passageiro que chegou do Peru em novembro. O primeiro, anunciado na terça-feira, foi um homem que desembarcou procedente da Namíbia.

As fronteiras do Japão ficaram virtualmente fechadas durante grande parte da pandemia e por um período de 2020 foi proibida, inclusive, a entrada de residentes.

As medidas foram parte crucial da estratégia anticovid japonesa, que não incluiu confinamentos tão severos como em outras partes do mundo.

Após um forte aumento de casos no verão (hemisfério norte, inverno no Brasil), o Japão registra poucas infecções a nível nacional e acumula 18.360 mortes durante toda a pandemia.

De acordo com o governo, 77% da população japonesa está vacinada e nesta quarta-feira começaram a ser aplicadas doses de reforço em quem recebeu a segunda injeção há pelo menos oito meses.


Saiba mais
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto

Tópicos

ações azul Gol coronavírus nova variante África do Sul nova variante Namíbia Lesoto Zimbábue Botsuana Eswatini B3 ações nova variante Bolsas Ásia Bolsas china brasileiro testa positivo áfrica do sul europa se fecha variante áfrica do sul Israel nova variante Japão suspende reservas voos lentidão vacinação Rússia ministério da economia nova cepa variante ômicron nova cepa impacto economia brasileira nova variante 2021 Nova variante África do Sul Nova fronteiras nova variante áfrica do sul tem vacina? Nova Variante EUA lockdown Fauci nova variante EUA restrições nova variante quatro continentes o que se sabe Ômicron ameaça ômicron cancelamento carnaval ômicron casos Brasil Ômicron contágio ômicron eficácia vacinas ômicron Estados Unidos Anthony Fauci ômicron festas de réveillon ômicron flexibilização São Paulo Ômicron fronteiras ômicron impacto mercados financeiros ômicron moderna vacina ineficazes Ômicron mutações Ômicron nova variante ômicron OMS ameaça mundial Ômicron onde surgiu Ômicron países já atingidos Ômicron poder de infecção ômicron presença países ômicron reforço ômicron reino unido ômicron são Paulo Máscaras ômicron vacinas ômicron volatilidade ações bolsas ômicron volta restrições brasil Ômicron voos países africanos Ômicronimpacto atividade econômica Organização Mundial da Saúde (OMS) para o combate à Covid-19 David Nabarro presidente da Comissão Europeia Ursula von der Leyen variante áfrica do sul programas auxílio nova cepa Rússia confinamento Rússia recorde de casos Rússia recorde de mortes variante áfrica do sul variante áfrica do sul ações bola variante áfrica do sul contágio variante áfrica do sul defesa variante África do Sul disseminação variante áfrica do sul eficácia vacinas variante África do Sul Europa variante África do Sul fronteiras variante áfrica do sul impacto bolsas variante África do Sul imunizantes variante áfrica do sul países variante África do Sul países atingidos variante África do Sul pesquisa variante áfrica do sul presença variante áfrica do sul vacinas variante B.1.1.529 África do Sul muitas mutações Variante delta 2021 Variante delta Auckland variante delta austrália variante delta brasil Variante delta como testar Variante delta eficácia variante delta mais letal variante delta Nova Zelãndia variante delta países Variante delta rio variante delta Sao Paulo variante delta sintomas Variante delta vacinas variante delta volta