Giro

Japão quer proibir veículos movidos a gasolina

Crédito: Reprodução/Pexels

A proibição de carros a gasolina em meados da década de 2030 faz parte de um plano governamental mais amplo para reduzir as emissões de carbono (Crédito: Reprodução/Pexels)

Não muito tempo atrás, a Europa proibiu as vendas de novos muscle cars como o Ford Mustang Shelby GT500 devido ao fracasso em atender aos padrões de emissões cada vez mais rígidos.

+ Bentley vai fabricar apenas carros elétricos dentro de 10 anos
+ Estrada pode carregar os veículos elétricos enquanto circulam

Mais recentemente, o Reino Unido anunciou sua intenção de proibir todas as vendas de carros movidos a combustão interna, possivelmente até 2030, depois que o estado americano da Califórnia anunciou uma promessa de fazer o mesmo até 2035. Agora, podemos adicionar o Japão à lista.

O Japão pode decretar uma proibição de carros a gasolina em meados da década de 2030 como parte de um plano governamental mais amplo para reduzir as emissões de carbono a zero em uma base líquida até 2050.

O fato de duas nações do G7 compartilharem o mesmo objetivo não passou despercebido pelas montadoras. A GM anunciou recentemente planos para acelerar a introdução de até 30 novos veículos totalmente elétricos globalmente até 2025. O foco do Grupo Volkswagen em superar a Tesla como a montadora de veículos elétricos dominante do mundo em termos de produto e tecnologia continua a se intensificar.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel