Sustentabilidade

Japão promete US$ 3,7 bilhões para onas devastadas por inundações

Japão promete US$ 3,7 bilhões para onas devastadas por inundações

Mulher caminha entre os escombros em Hitoyoshi, na prefeitura de Kumamoto, no sudoeste do Japão, em 11 de julho de 2020 - JIJI PRESS/AFP/Arquivos

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, prometeu um orçamento de 400 bilhões de ienes (US$ 3,7 bilhões), nesta segunda-feira (13), para reconstruir as regiões do país destruídas por inundações e deslizamentos de terra que deixaram pelo menos 72 mortos.

Abe anunciou esse valor em seu deslocamento para Kumamoto, na ilha de Kyushu (sudoeste), a mais afetada pelas chuvas torrenciais de quase 10 dias atrás. As tempestades atingiram a região central do país.

“Faremos tudo que pudermos”, garantiu o primeiro-ministro.

Durante a visita, ele parou por alguns momentos em frente a um lar para idosos em memória das 14 pessoas que morreram afogadas no local, presas pelas enchentes.

Até o momento, o saldo total das inundações é de 72 mortes, mas as operações de busca continuam a procurar pessoas que ainda estão desaparecidas.

Na semana passada, até 130.000 equipes de resgate, incluindo muitos membros das Forças de Autodefesa do Japão, foram mobilizadas para evacuar milhares de moradores bloqueados por inundações e deslizamentos de terra.

No meio da estação das chuvas no Japão, a agência meteorológica nacional alertou na segunda-feira que ainda pode haver tempestades violentas.

Veja também

+Caixa paga hoje (13) auxílio emergencial para nascidos em maio

+Soros produzidos por cavalos têm anticorpos potentes para covid-19

+ Avó de Michelle Bolsonaro morre após 1 mês internada com covid-19

+ Nazistas ou extraterrestres? Usuário do Google Earth vê grande ‘navio de gelo’ na costa da Antártida

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?