Giro

Japão pode flexibilizar entrada de estrangeiros em outubro

Crédito: AFP/Arquivos

Japão pretende reduzir restrições de entrada no território - AFP/Arquivos (Crédito: AFP/Arquivos)

O Japão está considerando flexibilizar, a partir de outubro, as restrições de entrada relacionadas à pandemia da covid-19, permitindo o acesso de estrangeiros por uma estada de mais de três meses – informou a imprensa japonesa nesta quarta-feira (23).

Os turistas seriam excluídos deste dispositivo, e o número de entradas diárias seria limitado a 1.000, afirmam os jornais, no momento em que o Japão tenta reiniciar sua economia ameaçada pelo coronavírus e se prepara para sediar as Olimpíadas de Tóquio, adiadas para 2021.

Arábia Saudita descarta relações com Israel, mas ameniza tom sobre judeus

Países europeus impõem novas restrições para conter focos da pandemia

Hoje, o Japão proíbe a entrada de viajantes de 159 países e aceita apenas, sob rígidas condições, o retorno de seus residentes estrangeiros desses países a partir do início de setembro.

O arquipélago japonês também permitiu, mais uma vez, a chegada de viajantes a negócios de sete países e territórios, entre eles Tailândia, Vietnã e Taiwan.

Essa reabertura parcial das fronteiras não gerou novos casos de coronavírus no Japão.

Por isso, o governo estuda agora a possibilidade de permitir a entrada de viajantes de todo mundo com vistos adequados, de acordo com diferentes veículos, entre eles o o jornal Asahi, que cita fontes oficiais.

Ao ser questionado pela AFP nesta quarta, um funcionário da imigração não quis comentar esta informação, limitando-se a declarar que estão em curso negociações com vários países para permitir a entrada de viajantes de negócios.

O governo “estudará como aceitar novos visitantes estrangeiros, ao mesmo tempo em que evita o ressurgimento de infecções” do coronavírus, disse o porta-voz do governo, Katsunobu Kato, em uma entrevista coletiva regular nesta quarta-feira.

As Olimpíadas de Tóquio estão programadas para o verão de 2021, e o Japão já iniciou discussões sobre como administrar as chegadas e os movimentos de atletas e espectadores.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago