Dinheiro em Ação

Itaú Unibanco: R$ 6,4 bilhões de resultado

Itaú Unibanco: R$ 6,4 bilhões de resultado

Papéis avulsos

A redução dos custos de captação de recursos, devido à queda da taxa Selic, e o aumento das tarifas justificaram um lucro de R$ 6,4 bilhões no primeiro trimestre deste ano para o Itaú Unibanco, alta de 2,2% em comparação com o quarto trimestre do ano passado, e de 3,9% em relação ao mesmo período de 2017. A baixa dos juros fez o custo do crédito cair 11%, de R$ 4,2 bilhões nos três últimos meses de 2017 para R$ 3,78 bilhões no primeiro trimestre deste ano. Já as receitas com tarifas subiram 8,7% em 12 meses, de R$ 7,8 bilhões no primeiro trimestre de 2017 para R$ 8,5 bilhões no primeiro trimestre deste ano. Ao comentar os resultados, o presidente Candido Bracher disse estar confiante de que o banco conseguirá manter o bom desempenho nos próximos trimestres emprestando mais dinheiro. “Devemos concentrar a concessão de crédito nos segmentos de pessoa física e de pequena e média empresa, devido à maior reticência das grandes empresas em tomar empréstimos”, diz ele.

 

Construção

Duratex fatura R$ 1 bi, mas ganho recua

A Duratex anunciou um faturamento de R$ 1 bilhão no primeiro trimestre deste ano, alta de 5,7% em relação ao mesmo período do ano passado, mas queda de 8,8% frente ao trimestre anterior. O lucro foi de R$ 30,8 milhões, revertendo o prejuízo de R$ 9,7 milhões dos três primeiros meses do ano passado, mas 72,7% abaixo dos R$ 112,9 milhões de lucro do quarto trimestre de 2017. A Duratex faturou R$ 44,3 milhões vendendo revestimentos cerâmicos, segmento em que entrou em agosto do ano passado. Neste ano, as ações sobem 16,8%.

 

Cartões

Concorrência afeta desempenho da Cielo

A Cielo divulgou um faturamento de R$ 2,78 bilhões no primeiro trimestre deste ano, uma alta de 1,3% em relação ao mesmo período do ano passado. O lucro líquido do período foi de R$ 1 bilhão, avanço de 1,1% em relação ao primeiro trimestre de 2017. Segundo os analistas da Guide Investimentos, os resultados vieram abaixo do esperado, devido ao acirramento da concorrência e à queda da Selic. Para a Guide, o cenário para a empresa de adquirência permanece desafiador. No ano, as ações caem 17%.

 

Touro x Urso

Após ter subido 0,9% em abril, o Índice Bovespa iniciou maio em queda. Nos dois primeiros pregões do mês, o principal indicador do mercado recuou 3,65%, pressionado pela perspectiva de elevação de juros nos Estados Unidos. Na reunião da quarta-feira 2, o banco central americano manteve os juros estáveis na faixa entre 1,5% e 1,75% ao ano, mas os analistas esperam um aperto da política monetária nos Estados Unidos, o que deve pressionar tanto o dólar quanto as ações no Brasil.

 

Destaque no pregão

Multa do Cade piora números da Ultrapar

Apesar do crescimento de 12% no faturamento no primeiro trimestre deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado, o grupo Ultrapar apresentou resultados piores. A receita subiu de R$ 18,7 bilhões para R$ 20,7 bilhões, mas a geração de caixa medida pelo Ebitda encolheu 12%, caindo dos R$ 889 milhões em 2017 para R$ 794 milhões neste ano. O lucro líquido, por sua vez, recuou de R$ 368 milhões nos três primeiros meses de 2017 para R$ 73 milhões no primeiro trimestre de 2018. Segundo relatório da XP Investimentos, o resultado foi afetado pela multa de R$ 286 milhões devido à reprovação da aquisição da Liquigás pelo Cade. No ano, as ações caem 18,9%.

Palavra do analista:
De acordo com Vitor Suzaki, analista da Lerosa Investimentos, o resultado da Ultrapar foi afetado pela política de preços da Petrobras, uma vez que cerca de 90% da sua receita são provenientes dos postos Ipiranga. “Recomendamos a compra para o papel”, diz.

 

Bancos

Lucro do Pan cresce 1.400%

O lucro líquido do Banco Pan cresceu 1.400% no primeiro trimestre desde em relação ao mesmo período do ano passado, avançando de R$ 3,7 milhões em 2017 para R$ 56,5 milhões neste ano. Segundo Luiz Monteiro, presidente do banco, o bom desempenho deve-se à reorientação estratégica. “Nosso foco hoje são empréstimos consignados, veículos e cartões de crédito”, disse ele à DINHEIRO. No ano, as ações sobem 4,4%.

 

 

Mercado em números

EMBRAER
US$ 705 milhões – É quanto a empresa aérea American Airlines vai pagar por 15 jatos do modelo E175, configurados para 76 assentos, que serão entregues entre março e novembro de 2019

JHSF
R$ 745 milhões – Foi por quanto a empresa imobiliária vendeu participações minoritárias em quatro shopping centers. O comprador foi um fundo gerido pela XP Investimentos

PORTO SEGURO
R$ 278 milhões – Foi o lucro da seguradora no primeiro trimestre deste ano, um crescimento de 29% em relação aos R$ 215 milhões do mesmo período de 2017

RAIA DROGASIL
R$ 121 milhões – Foi o lucro da rede de farmácias no primeiro trimestre deste ano, um crescimento de 16,5% em relação ao mesmo período de 2017

AMPLA
R$ 23 milhões – Foi o lucro da distribuidora de energia do Estado do Rio de Janeiro no primeiro trimestre deste ano, revertendo um prejuízo de R$ 79,1 milhões no mesmo período do ano passado