Economia

Itapemirim planeja iniciar voos comerciais no início de 2021

Crédito: Reprodução/LinkedIn

Rodrigo Vilaça, CEO da Itapemirim, divulgou esta imagem em seu perfil no LinkedIn para indicar como serão as aeronaves do grupo (Crédito: Reprodução/LinkedIn)

A Itapemirim, uma das grandes companhias de transporte rodoviário no Brasil, está entrando no mercado da aviação comercial e trabalha com a possibilidade de assinar o contrato de leasing dos primeiros aviões ainda em julho. A ideia é iniciar os voos no primeiro trimestre de 2021, atingindo um público de perfil executivo e órfão da extinta Varig.

Em fevereiro, durante viagem aos Emirados Árabes com o governador de São Paulo, João Doria, o presidente da Itapemirim, Sidnei Piva, anunciou aporte de US$ 500 milhões em um fundo soberano daquele país. Uma parte desse valor seria usada na criação da companhia aérea, mas o coronavírus freou o planejamento.

+ Veja quando empresas aéreas devem retomar voos para o Brasil
+ Iata estima perdas de US$ 4 bi para aéreas na América Latina em 2020
+ Companhias aéreas retomam os voos em um cenário de improviso

Em entrevista ao UOL, o CEO do grupo, Rodrigo Vilaça, e o CEO da Itapemirim Linhas Aéreas, Tiago Senna, indicaram que a intenção do grupo é iniciar as operações no início do ano que vem com dez aviões comerciais. O plano é iniciar com aeronaves médias, que suportem entre 100 e 140 passageiros e, se tudo der certo, ampliar a frota em três anos passando para aeronaves Airbus.

O objetivo é atingir um mercado órfão da extinta Varig, segundo Senna, oferecendo atendimento premium, com serviço de bordo diferenciado e classe executiva nos voos domésticos. As bebidas alcoólicas estão inclusas neste planejamento.

Com uma divisão entre classe econômica e executiva, o grupo espera preencher os assentos com clientes do mundo corporativo e sem entrar na guerra das tarifas promocionais. Seguir este caminho, avaliam os empresários, é estrangular o negócio.

A empresa quer contratar 600 funcionários nos próximos meses, sendo 160 pilotos e 320 comissários de bordo que atuarão nas dez aeronaves iniciais e a seleção deve começar já neste mês. Os testes iniciais serão feitos online.

Veja também

+Caixa paga hoje (13) auxílio emergencial para nascidos em maio

+Soros produzidos por cavalos têm anticorpos potentes para covid-19

+ Avó de Michelle Bolsonaro morre após 1 mês internada com covid-19

+ Nazistas ou extraterrestres? Usuário do Google Earth vê grande ‘navio de gelo’ na costa da Antártida

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?