Giro

Itália apoia “resposta internacional” para o Líbano

Itália apoia “resposta internacional” para o Líbano

Vista aérea do porto de Beirute e dos bairros próximos, em 5 de agosto de 2020, após as explosões - AFP

A Itália é favorável a “uma resposta internacional” ao Líbano após a grande explosão que assolou bairros inteiros de Beirute, disse o ministro das Relações Exteriores, Luigi Di Maio, em entrevista à AFP em Roma.

“Certamente haverá uma resposta internacional e estou feliz que países como a França estejam na linha de frente para ajudar o Líbano”, disse o ministro italiano, depois que o presidente francês Emmanuel Macron viajou para Beirute, onde anunciou a realização de uma conferência de ajuda internacional para o país “nos próximos dias”.

“Daremos todo o nosso apoio ao governo libanês, ao povo libanês que já estava passando por um momento difícil política e economicamente”, prometeu Di Maio durante esta entrevista em Farnesina, sede do Ministério das Relações Exteriores.

“O que aconteceu no Líbano é uma tragédia que atingiu o povo libanês e, do nosso ponto de vista, ajudar um país amigo como o Líbano também significa interromper um processo de desestabilização e instabilidade que mais tarde poderá afetar a migração”, explicou.

Ele também especificou que “por enquanto bombeiros, militares, um especialista e […] oito toneladas de ajuda à saúde foram enviados”.

O ministro italiano anunciou na quinta-feira à tarde a partida de um voo humanitário para Beirute “em resposta a pedidos de assistência das autoridades libanesas”.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?