Sustentabilidade

Istambul volta ao normal após nevascas e Atenas segue paralisada

A vida voltou ao normal na cidade turca de Istambul nesta quarta-feira (26), depois de uma tempestade de neve excepcional no Mediterrâneo Oriental, que continua paralisando Atenas.

A situação levou o primeiro-ministro grego, Kyriakos Mitsotakis, a pedir desculpas à população.



Paralisado desde segunda-feira (24), o Aeroporto Internacional de Istambul anunciou a reabertura de duas de suas três pistas, garantindo que a terceira estará liberada à tarde.

De acordo com o comunicado, hoje estão previstos “681 movimentos”, e o serviço de transportes entre o aeroporto e o centro de Istambul já foi retomado normalmente. Em 2021, este foi o aeroporto mais ativo da Europa, registrando mais de mil voos diários.

Na Grécia, o tráfego – sobretudo, no anel viário ao redor de Atenas, fechado pelo terceiro dia consecutivo – e a distribuição de eletricidade continuam afetados pelas nevascas.

+ Confira 10 receitas para reaproveitar ou turbinar o arroz do dia a dia


Hoje, militares, polícia e equipes de outros serviços públicos ainda tentavam liberar centenas de veículos imobilizados, que foram abandonados durante a noite de segunda para terça-feira.

O caos levou o primeiro-ministro Kyriakos Mitsotakis a apresentar “desculpas pessoais e sinceras” e a prometer que as devidas lições serão aprendidas com este episódio. Diferentes instituições apontam a falta de meios adequados para lidar com o problema.


Em meio à tempestade, Vassilis Halkias, presidente da empresa privada que administra o desvio de Attiki Odos, renunciou na terça à noite. Além de pedir desculpas, a empresa prometeu pagar US$ 2.260 em perdas e danos aos motoristas presos na rodovia.

A situação é ainda pior nas estradas secundárias e para o restabelecimento das linhas de energia. Os moradores denunciam a negligência das autoridades.