Economia

Isolados consomem bebidas alcoólicas para passar o tempo nos EUA

Crédito: Reprodução/Busch

Vendas de pacotes com 24 ou 30 cervejas aumentaram 90% (Crédito: Reprodução/Busch)


Nos Estados Unidos, há sinais de que a diversão dentro de casa ganhou um complemento durante o isolamento. Segundo a Nielsen, na terceira semana de março, as vendas de bebidas alcoólicas aumentaram 55%, contra igual período do ano passado, revela a CNN Business.

O avanço nas comercializações do tipo de produto coincidiu com o momento em que vários Estados norte-americanos entrou em quarentena. Os empresários donos de bares e restaurantes também foram obrigados a fechar as portas. Mas lojas como ponto de venda de bebidas e mercearias continuam abertas.

+ Grupo Alimentação e Bebidas tem alta de 0,35% no IPCA-15 de março
+ Indústria de alimentos e bebidas faturou R$ 699,9 bi em 2019

De acordo com a Nielsen, as bebidas mais procuradas foram os coquetéis prontos, como é o caso de bebidas de mix de suco de frutas com gim. Esse segmento teve uma expansão de 106% nas comercializações.

No caso das cervejas, a maior demanda foi por pacotes com 24 ou 30 unidades. Os estabelecimentos comerciais venderam 90% a mais esses itens no período.