Economia

Irã diz que é a 1ª vez que um presidente dos EUA instrui Opep sobre o que fazer

O ministro de petróleo do Irã, Bijan Namdar Zangeneh, disse nesta quinta-feira que é a primeira vez que um presidente dos EUA dá instruções sobre o que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) deve fazer.

Ontem, o presidente americano, Donald Trump, afirmou no Twitter que “esperançosamente, a Opep vai manter o fluxo de petróleo como está, não restringi-lo”.

“O mundo não quer, ou precisa, de preços mais altos do petróleo!”, acrescentou ainda o presidente americano.

Em seguida, o ministro de petróleo da Venezuela, Manuel Quevedo, afirmou que a Opep não recebe instruções políticas de ninguém e que Trump é “apenas um observador fora da Opep”.



O cartel e seus aliados estão reunidos nesta quinta-feira e um corte na produção da commodity é esperado pelo mercado. O ministro do Irã, no entanto, disse não ser contra o corte, mas que não poderá participar “até que as sanções impostas pelos EUA sejam retiradas”, disse Zangeneh, antes do início da reunião.

Segundo ele, “o preço do petróleo é aceitável entre US$ 60 e US$ 70 o barril”, acrescentando que o Irã está comprometido em permanecer na Opep.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Tópicos

irã Opep petróleo