Giro

Irã acusa EUA de interferência em assuntos internos

Irã acusa EUA de interferência em assuntos internos

Posto de gasolina que foi incendiado durante uma manifestação contra o aumento dos preços da gasolina em Eslamshahr, perto da capital iraniana de Teerã

O Irã acusou o governo dos Estados Unidos de interferência em seus assuntos internos depois do apoio de Washington às manifestações do “povo iraniano”, em uma referência aos protestos contra o aumento do preço da gasolina registrados nos últimos dias.

“Como afirmei ao povo iraniano há quase um ano e meio: EUA está com vocês”, escreveu no sábado no Twitter o secretário de Estado americano, Mike Pompeo.

“A declaração expressa o apoio do secretário de Estado americano a um grupo de amotinados”, afirma o ministério das Relações Exteriores em um comunicado publicado nesta segunda-feira.

O ministério “condena os comentários intervencionistas”, completa a nota.

“O nobre povo iraniano sabe que os comentários hipócritas deste tipo não representam nenhuma marca honesta de simpatia”, acrescenta.

Duas pessoas (um civil e um policial) morreram nas manifestações contra o aumento do preço da gasolina, que começaram na sexta-feira.