Giro

Investimento em vinhos teve mais retorno do que o ouro em 2021

Crédito: Pexels

Investimento em garrafas de vinho foi opção melhor do que aplicar em Bolsa de Valores (Crédito: Pexels )



Estudo realizado pela plataforma especializada em comércio da bebida Liv-ex revela que o investimento em garrafas de vinho pode ter sido uma opção melhor do que aplicar em Bolsa de Valores ou ouro, por exemplo.

+  Natal: Confira o vinho ideal para cada momento da ceia

Segundo o Uol, dados da empresa, que monitora os preços dos 100 vinhos finos mais procurados no mercado, mostraram um aumento de 20,83% nos valores destes rótulos nos últimos 12 meses. No mesmo período, o índice Dow Jones, da Bolsa de Nova York, cresceu 14,43%  e o ouro acumulou queda de 3,82%.

Para quem está pensando em diversificar os investimentos, é bom ir com calma e saber quais foram os líderes de valorização neste ano. O Champagne Salon 2002 liderou os aumentos e dobrou de preço este ano, saltando de US$ 7.340 (pouco mais de R$ 41,8 mil) para US$ 13.345 (ou R$ 76 mil).



O Burgundy Domaine Armand Rousseau Chambertin Grand Cru 2021, segundo no ranking, saiu de US$ 22.820 (quase R$ 130 mil) para US$ 39.630 (pouco mais de R$ 225,7 mil).