Finanças

Investimento em bitcoin garante lucro de R$ 3,2 bilhões à Tesla

Crédito: Divulgação - Tesla

A Tesla anunciou, no início do mês, uma atualização na sua política de investimentos para garantir mais flexibilidade para diversificar e maximizar retornos (Crédito: Divulgação - Tesla)

A valorização recorde da criptomoeda Bitcoin registrada nos últimos dias garantiu lucro de cerca de US$ 600 milhões, ou R$ 3,2 bilhões, à Tesla, montadora de carros elétricos de Elon Musk.

A Tesla anunciou, no início deste mês, uma atualização em sua política de investimentos. O objetivo da mudança é garantir mais flexibilidade para diversificar e maximizar retornos no caixa. À época, foi divulgado investimento de US$ 1,5 bilhão.

+ Bitcoin supera 45.000 dólares, impulsionado pela Tesla

Na mesma ocasião, a montadora informou ainda que poderá adquirir bens digitais, de tempos em tempos ou por longo prazo, e pode começar a aceitar bitcoins como forma de pagamento por seus produtos.

De acordo com o Olhar Digital, mesmo com a montadora não revelando a quantidade exata de bitcoins adquirida ou o valor de compra quando a transação foi efetuada, é possível chegar ao lucro levando em conta o montante investido e a média de preço da criptomoeda em janeiro, de US$ 35 mil. Logo, ao investir US$ 1,5 bilhão, a Tesla obteve cerca de 43 mil bitcoins.

Com a valorização de 45% da criptomoeda nas últimas semanas, um bitcoin vale mais de US$ 52 mil. Com esse crescimento, os 43 mil bitcoins da empresa passaram a valer US$ 2,2 bilhões.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel