Finanças

Investigação faz investidores fugirem de empresas de tecnologia chinesas

Crédito: Divulgação - Alibaba

A tensão entre o governo chinês e as gigantes de tecnologia fizeram s ações da Alibaba caírem cerca de 30% em relação aos recordes do fim de outubro (Crédito: Divulgação - Alibaba)

As empresas de tecnologia chinesas, que já foram consideradas modelos da elite do setor no país, estão perdendo investidores do mundo todo. Alibaba e ANT Group estão sendo investigadas pelo governo chinês por suas práticas comerciais, que podem ter comportamento anticompetitivo.

De acordo com o Tech Crunch, o ANT Group, no dia 26 de dezembro, foi convocado pelo governo para que coloque em prática um plano que obrigará a empresa a “retificar” suas práticas empresariais.

+ China investigará Alibaba por ações anticompetitivas
+ Bolsas da Ásia fecham em alta, mas Alibaba sofre tombo com investigação

A tensão entre as gigantes de tecnologia e o governo chinês preocupa os investidores. Citando a Bloomberg, o Tech Crunch, destaca que Alibaba, Tencent, JD.com e Meituan perderam cerca de US $ 200 bilhões em valor durante os últimos pregões.



As ações da Alibaba caíram cerca de 30% em relação aos recordes do fim de outubro. Já os papéis de uma ETC focada em tecnologia chinesa desvalorizaram 8% em relação às altas recentes, incluindo a queda de 1,5% desta segunda-feira (28).

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel