Giro

Investigação aponta 380 centros de detenção em Xinjiang

Investigação aponta 380 centros de detenção em Xinjiang

Campo de segurança máxima na província de Xinjiang (China), em 30 de maio de 2019 - AFP/Arquivos

A China tem 380 “centros de detenção suspeitos” em Xinjiang (noroeste), uma rede que cresceu com o fortalecimento da política de segurança – de acordo com pesquisa publicada pelo instituto australiano Aspi, nesta quinta-feira (24).

Nesta vasta região semidesértica, há muito atingida por ataques atribuídos a membros do grupo étnico uigur muçulmano, as autoridades chinesas estão reforçando seu controle em nome da luta contra o terrorismo.

Mais de um milhão de pessoas, principalmente muçulmanos, foram internados em “campos”, segundo organizações de direitos humanos.

A China diz que eles são “centros de treinamento vocacional” destinados a ajudar as pessoas a encontrarem trabalho e, assim, mantê-las longe do extremismo religioso.

Em sua investigação, o Instituto de Política Estratégica (Aspi), com sede em Camberra, criado pelo governo australiano, afirma ter identificado, por meio de imagens de satélite, depoimentos, artigos de imprensa e licitações públicas na indústria da construção, “mais de 380 alegados locais de detenção” em Xinjiang.

Os pesquisadores consideram esses estabelecimentos, que teriam funções e tamanhos muito diversos, como “campos de reeducação”, “centros de detenção”, ou “prisões”.

O número representa um aumento de cerca de 40% em relação às estimativas anteriores e “pelo menos 61 centros de detenção foram objeto de novas construções e ampliações entre julho de 2019 e julho de 2020”, de acordo com o estudo.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?