Investe “che te fa bene”

Investe “che te fa bene”

Chi a buon albero s’appoggia, buon ombra lo ricopre. O antigo ditado italiano (Quem a boa árvore se acolhe, boa sombra o cobre) poderia explicar as razões que têm inspirado empresários italianos a investir no Brasil, a despeito da crise. A liberação de mais de 400 milhões de euros do governo da Itália neste ano para que micro e pequenas empresas do país se internacionalizem vai trazer uma legião de companhias para o mercado brasileiro, segundo o presidente da Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura (Italcam), Graziano Messana. Pelos seus cálculos, há um potencial de investimento de R$ 550 milhões neste segundo semestre e de mais de R$ 8 bilhões em 2021, puxado por companhias como TIM, Enel, Pirelli, Fiat Chrysler (FCA) e a grife Intimissimi. Atualmente, há 972 empresas italianas em atividade no Brasil. “A Itália está com muito mais apetite por investir no Brasil. Como o País está atrasado na superação da crise em relação a outras economias, e o câmbio está maravilhoso aos estrangeiros, os ativos estão baratos e há oportunidades em muitos setores”, afirma o siciliano Messana. Segundo ele, a pandemia desencadeou uma grande injeção de euros por parte dos governos e bancos centrais no capital das empresas italianas, que agora querem expandir para novos mercados. “Além de estar capitalizado e disposto a expandir, o empresário italiano é acostumado a crises, oscilações e a fortes emoções nos negócios. Há muita semelhança e afinidade cultural entre Itália e Brasil.”

(Nota publicada na edição 1178 da Revista Dinheiro)

Veja também

+ Caixa libera FGTS emergencial para nascidos em julho nesta segunda-feira (10)

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?


Mais posts

Uma casa muito engraçada (e flexível)

O imóvel do futuro não será a casa de campo, os microapartamentos próximos a estações de metrô e nem os dúplex com varanda gourmet com [...]

Crescimento nas nuvens

O isolamento social e as mudanças nos hábitos de consumo estimulam as organizações a seguirem o mesmo caminho. Um levantamento da Arki 1, empresa de treinamento especializada em Google Cloud, teve alta de 752% em junho nas inscrições nos treinamentos para tecnologia em nuvem. Segundo o CEO Marcos Farias, a disseminação do ensino a distância […]

Faturamento de gente grande

O youtuber Luccas Neto, embora seja criticado por educadores e mães de crianças pequenas Brasil afora por causa de seus vídeos na [...]

Fundo ASG de R$ 5 bilhões

A gestora de capitais Integral Brei acaba de estruturar o primeiro Fundo Imobiliário ASG (Ambiental, Social e Governança) do País. O [...]

Os degraus da Hitachi ABB

A multinacional Hitachi ABB Power Grids, especializada em redes elétricas e criada a partir da união da japonesa Hitachi com a suíça [...]
Ver mais

Copyright © 2020 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.