Giro

Inundações deixam 20 mortos e 300.000 desabrigados em Bangladesh

Inundações e deslizamentos de terra provocados por chuvas de monção deixaram 300.000 pessoas desabrigadas em cidades do sudeste de Bangladesh e provocaram 20 mortes, incluindo seis refugiados rohingyas, informaram as autoridades nesta sexta-feira.

Desde segunda-feira, a região de Cox’s Bazar, na fronteira com Mianmar e lar de quase um milhão de refugiados rohingyas, é cenário de chuvas torrenciais.

Quase 36.000 pessoas foram levadas para escolas e refúgios para ciclones.

No início da semana, Bangladesh retirou quase 10.000 rohingyas de campos de refugiados em Cox’s Bazar devido às tempestades.



Trabalhadores humanitários afirmaram que o confinamento decretado para conter o aumento de contágios de covid-19 nestes campos está afetando os trabalhos de resgate, pois o acesso está restrito.

Quase 740.000 rohingyas fugiram do estado birmanês de Rakhine (oeste) em 2017 quando as forças de segurança iniciaram uma operação que para a ONU poderia constituir genocídio.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago