Negócios

Internet 5G chegará a 45% da população mundial em 2024, afirma Ericsson

Segundo a empresa, 1,9 bilhão de dispositivos estarão ligados ao serviço em cinco anos, 27% a mais do que era esperado em relatório divulgado em novembro passado

Internet 5G chegará a 45% da população mundial em 2024, afirma Ericsson

A internet 5G é essencial para uma série de inovações tecnológicas, como carros autônomos, inteligência artificial e sistemas integrados

A Ericsson divulgou nesta terça-feira (12) um relatório apontando que 45% da população mundial terá acesso a conectividade 5G até 2024, um índice superior ao previsto pela companhia de telecomunicação sueca em análises anteriores. Segundo a empresa, 1,9 bilhão de dispositivos estarão ligados ao serviço em cinco anos, 27% a mais do que era esperado em outro relatório divulgado em novembro passado.

“Isso está indo muito mais rápido do que pensávamos”, disse Patrik Cerwall, chefe de marketing de segmentos da Ericsson.

A conectividade 5G é essencial para uma série de inovações tecnológicas, como carros autônomos, inteligência artificial e sistemas integrados. O serviço já é oferecido de forma limitada em cidades dos Estados Unidos, Reino Unido e Coréia do Sul e em breve deve chegar à China. Não há previsão para a estreia do serviço no Brasil. Segundo o relatório da Ericson, a conexão 5G deve dar um salto em todo o mundo a partir de 2020.

“Não é que a adoção de 5G necessariamente seja mais rápida nos primeiros um ou dois anos, mas uma vez que você tenha atingido escala em massa, bilhões de pessoas querem essa tecnologia”, disse ele.

A vanguarda da conectividade é disputada por diversas companhias do mundo. A chinesa Huawei liderava com folga a disputa até ser prejudicada por uma série de sanções dos Estados Unidos e pressões para que aliados, como Japão e Reino Unido, recuassem em tratativas com a companhia. O cenário favoreceu a filandesa Nokia, que já afirmou ter fechado o mesmo número de contratos para a prestação de serviços que a rival.