Geral

Intenção de consumo das famílias cai 1,7% de abril para maio, diz CNC

A Intenção de Consumo das Famílias recuou 1,7% na passagem de abril para maio deste ano, segundo dados divulgados hoje (23) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Com o resultado, o indicador caiu para 94,6 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos.

A queda foi provocada principalmente por avaliações mais negativas sobre a perspectiva de consumo (-3,6%) e sobre a perspectiva profissional (-3%). O único dos sete componentes a apresentar alta foi o nível de consumo atual (0,4%).

Na comparação com maio do ano passado, no entanto, a Intenção de Consumo das Famílias cresceu 8,6%, devido principalmente às avaliações sobre o nível de consumo atual (com crescimento de 16%), sobre a intenção de compra a prazo (11,3%) e sobre a renda atual (10,9%).