Economia

Instituto RME e Mapfre vão capacitar 50 mil mulheres em todo o País

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

O programa ainda oferecerá ainda para mais de 2.500 mulheres selecionadas, auxílio alimentação no valor mensal de R$ 110 durante seis meses (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)

O Instituto RME em parceria com a Fundación Mapfre, instituição sem fins lucrativos que atua na promoção do bem-estar social, executam, a partir deste mês, um programa gratuito de desenvolvimento pessoal e capacitação técnica para mais de 50 mil mulheres em situação de vulnerabilidade social em todo o País. Uma parte delas mulheres receberá também auxílio alimentação e financeiro.

O programa “Ela Segura” tem como objetivo impactar profissionalmente mulheres que vivam ou tenham passado por situações como desemprego, fome, violência doméstica, entre outras adversidades sociais.

+ Empresa contrata mães solteiras para a produção de maconha para fins medicinais

O apoio se dará por meio de capacitações pessoais e técnicas – em plataforma de conteúdo digital – para que elas possam desenvolver atuais ou novos negócios, se reposicionar no mercado de trabalho ou conquistar outras formas de atividade remunerada.



A parceria também atuará no desenvolvimento comportamental. Entre as temáticas dos cursos estão a autoconfiança e a comunicação pessoal – soft skills –, metodologia que já apresentou resultados positivos nas vidas de mais de 170 mil mulheres que passaram pelo Instituto RME desde sua criação, em 2017.

Para as competências técnicas estão: administração financeira, comunicação pessoal e nos negócios, fundamentos de empreendedorismo, empregabilidade, marketing, entre outros temas.

O programa ainda oferecerá, exclusivamente para mais de 2.500 mulheres selecionadas, treinamento e mentorias online, além de um auxílio alimentação no valor mensal de R$ 110 durante seis meses.

Para complementar o programa – com duração total de um ano –, o Ela Segura selecionará 160 negócios que receberão um aporte financeiro de R$ 3.000 e acompanhamento técnico para o desenvolvimento desses negócios. Os detalhes da parceria serão informados durante a Live “Empreendedorismo feminino: Impactos da pandemia entre as mulheres” no perfil da Fundación Mapfre no Instagram (@fundacionmapfrebrasil) nesta quinta-feira (20), às 17h.

Segundo Ana Fontes, presidente do Instituto RME, o olhar de grandes empresas para essa parcela da população é um grande sinal de esperança de crescimento positivo para a sociedade.

“No Brasil temos muitas mulheres em situação de vulnerabilidade social e financeira, dependentes e acabam oprimidas, fora ou dentro de casa. Para reverter isso, é preciso auxiliá-las, tanto na autoestima como em suas condições profissionais. Acreditamos que mulheres desenvolvidas financeira e emocionalmente são fundamentais para o desenvolvimento pessoal e da comunidade onde vivem”, diz Ana Fontes.

“O empreendedorismo feminino é um importante instrumento de inclusão e transformação social. Ao empreender, a mulher não apenas cria o seu próprio negócio, como rompe ciclos de violência, falta de visibilidade, respeito e empoderamento. Participar desta iniciativa, fortalece nosso compromisso com a Agenda 2030, ao fomentar a igualdade de gênero e empoderar mulheres para que conquistem a devida atenção no mercado de trabalho. Investir no público feminino é investir no desenvolvimento econômico e social do país”, afirma Fátima Lima, representante da Fundación Mapfre no Brasil.

O programa acontecerá no formato online em decorrência da pandemia e será direcionado exclusivamente para mulheres brasileiras, de todas as regiões do país, residentes nas periferias. As inscrições podem ser feitas pelo site.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km