Giro

INSS vai cortar 30% do benefício de quem sacou auxílio emergencial indevidamente

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

Quase 120 mil segurados do INSS sacaram o auxílio emergencial sem necessidade (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)



Se você é beneficiário do INSS e recebeu o auxílio emergencial indevidamente, o Instituto vai reduzir seu benefício em 30%. A medida, publicada em portaria no Diário Oficial da União desta quarta-feira (14), é vista como uma maneira do governo federal recuperar o dinheiro de quem se beneficiou do auxílio emergencial sem necessidade.

Para este grupo de pessoas, o débito será registrado no extrato de recebimentos como “Desconto Acumulação Auxílio Emergencial”.

+ Guedes diz que aumento de arrecadação de R$100 bi vai compensar perda com reforma do IR
+ INSS cria serviço para demandas não resolvidas remotamente

Pelos dados do INSS, 119.668 segurados receberam o auxílio emergencial indevidamente.