Geral

Inscrições do Fies para o segundo semestre de 2018 são prorrogadas

As inscrições para 155 mil vagas pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para o segundo semestre de 2018 foram prorrogadas. O Ministério da Educação (MEC) informou nesta segunda-feira, 23, que os interessados terão até as 23h59 desta terça-feira, 24 para se inscrever. O procedimento é totalmente feito pela internet.

O prazo anterior se encerrava no domingo, 22. Até a manhã desta segunda, o MEC já havia recebido 170.190 inscrições.

O programa é voltado para estudantes de ensino superior de instituições privadas. Do total, 50 mil vagas são destinadas para pessoas com renda per capita de até três salários mínimos por mês. Nesse caso, o financiamento mínimo é de 50% do curso, com limite semestral de R$ 42 mil.

As demais vagas são destinadas à modalidade P-Fies, para pessoas com renda per capita familiar de até cinco salários mínimos. Nesse caso, os recursos provem dos Fundos Constitucionais e dos Agentes Operadores de Crédito.

Em função da prorrogação, o resultado da seleção será divulgado no dia 30 de julho, em chamada única. Os pré-selecionados deverão completar a inscrição e fechar o contrato de financiamento entre 30 de julho e 3 de agosto.

Para participar, o estudante deve ter tirado no mínimo 451 pontos e não pode ter zerado a redação em ao menos uma das últimas sete edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel