Economia

ING: índice IFO da Alemanha sugere transição para recuperação

O avanço do índice IFO de sentimento de empresas da Alemanha mostra como uma retomada faz a transição para uma recuperação, “desacelerando, mas ainda crescendo”, segundo avaliação de Carsten Brzeski, economista-chefe para zona do euro do banco ING.

“Ainda que todos os indicadores apontem uma retomada em V da economia alemã no terceiro trimestre, a forma da recuperação continua incerta e depende da evolução do vírus e de uma possível vacina”, diz Brzeski em relatório a clientes, referindo-se à covid-19.

Após a forte retomada que se esperava no terceiro trimestre, a Alemanha já começou a entrar no próximo estágio da recuperação. “Esse é o estágio no qual a retomada mecânica, devido à retirada de medidas de lockdown, chega ao fim e a face mais estrutural da crise da covid-19 vem à tona”, explica Brzeski.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?