Economia

Inflação da Coreia do Sul tem salto anual de 6,0%; nível é o mais alto em 20 anos



A taxa de inflação da Coreia do Sul atingiu uma alta de mais de duas décadas em junho. O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) de referência subiu 6,0% em relação ao ano anterior – o mais rápido desde novembro de 1998 – após um aumento de 5,4% em maio, informou o escritório de estatísticas na terça-feira, conforme horário local.

O resultado superou uma previsão mediana do mercado de um aumento de 5,9% para junho. Na base mensal, a alta foi de 0,6%, enquanto a projeção era de 0,5%.

Os preços mais altos de bens industriais, serviços, produtos agrícolas e contas de serviços públicos continuaram intensificando a pressão inflacionária em meio ao aumento dos preços das matérias-primas, disse o escritório.

O núcleo do CPI, que exclui os preços voláteis de energia e alimentos, subiu 3,9% em relação ao ano anterior e 0,4% em comparação ao mês anterior. Em maio, os avanços haviam sido de 3,4% e 0,5%, respectivamente.




Analistas apostam cada vez mais que o Banco da Coreia (BoK) aumentará sua taxa básica de juros na próxima semana em 50 pontos-base, em vez dos habituais 25 pontos-base, para conter a inflação. No mês passado, o BoK disse esperar que a inflação anual do país em 2022 supere sua previsão anterior. (FONTE: DOW JONES NEWSWIRES)