Economia

Inflação ao consumidor medida pela OCDE sobe 1,5% em janeiro, na comparação anual

A Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) informa que a inflação anual ao consumidor nos países do grupo subiu 1,5% em janeiro, na comparação com o mesmo mês de 2020, após alta anual de 1,2% em dezembro. Depois de uma reação entre dezembro e janeiro, a queda anual dos preços de energia foi menos pronunciada em janeiro (-3,9%) do que em dezembro (-6,5%), enquanto a inflação dos preços de alimentos desacelerou para alta anual de 3,1% (de 3,2% em dezembro).

Excluindo-se energia e alimentos, o núcleo da inflação na OCDE subiu 1,7% em janeiro, de 1,6% em dezembro.

Em relatório, a OCDE destaca o ganho de fôlego nos preços na zona do euro. A região da moeda comum teve alta anual de 0,9% na inflação em janeiro, após recuo de 0,3% em dezembro.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel