Giro

Infecção passada por Covid-19 pode fornecer ‘meses de imunidade’

Crédito: Reprodução/Pexels

Cientistas descobriram que a pessoa infectada anteriormente tem um risco cerca de 83% menor de contrair o vírus, em comparação com aqueles que nunca tiveram (Crédito: Reprodução/Pexels)

Cientistas descobriram que a pessoa infectada anteriormente tem um risco cerca de 83% menor de contrair o vírus, em comparação com aqueles que nunca tiveram Covid-19. Mas os especialistas alertam que algumas pessoas pegam o Covid-19 novamente – e podem infectar outras.

As autoridades enfatizam que as pessoas devem seguir as regras de permanência em casa – quer tenham ou não contraído o vírus.

+ Butantan diz que só entrega doses da Coronavac com plano de vacinação
+ Presidente eleito dos EUA, Joe Biden, anuncia amplo plano de vacinação

A professora Susan Hopkins, que liderou o estudo, disse que os resultados foram encorajadores, sugerindo que a imunidade durou mais do que algumas pessoas temiam, mas a proteção não era absoluta.



“Foi particularmente preocupante que alguns dos reinfectado tivessem níveis elevados do vírus – mesmo sem sintomas – e corressem o risco de o transmitir a outras pessoas”, disse ela.

De junho a novembro de 2020, quase 21 mil profissionais de saúde em todo o Reino Unido foram testados regularmente para ver se eles. Daqueles que não tinham anticorpos para o vírus, sugerindo que talvez nunca os tivessem, 318 desenvolveram novas infecções potenciais dentro desse período. Mas entre os 6.614 com anticorpos, esse número era de apenas 44 novas infecções em potencial.

Os pesquisadores receberam várias evidências diferentes sugerindo que essas pessoas foram reinfectadas – incluindo novos sintomas mais de 90 dias após a primeira infecção, novos testes de esfregaço e exames de sangue positivos.

Alguns testes ainda estão sendo executados e os pesquisadores dizem que seus resultados serão atualizados à medida que forem chegando.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel