Giro

Indonésia de 100 anos sobrevive ao coronavírus

Indonésia de 100 anos sobrevive ao coronavírus

Kamtim, de 100 anos e que se recuperou do novo coronovírus, na sala de casa com a nora Siti Aminah em Surabaya, Indonésia, em 31 de maio de 2020 - AFP

Uma indonésia de 100 anos se recuperou do novo coronavírus, a pessoa de mais idade no país a sobreviver à COVID-19.

Kamtim (de apenas um nome como muitos indonésios) retornou para sua casa esta semana, depois de passar um mês hospitalizada em Surabaya, segunda maior cidade do país, onde mora.

O governador da região de Java Oriental, Khofifah Indar Parawansa, disse esperar, ao anunciar a notícia, que a história de Kamtim ajude a levantar a moral das pessoas mais velhas.

“Espero que sua recuperação motive as pessoas de mais idade durante esta pandemia”, afirmou o governador.

Nascida em 1920, Kamtim foi levada ao hospital com sintomas do novo coronavírus. Os exames confirmaram o contágio.

Siti Aminah, sua nora, atribui a recuperação a “sua disciplina e persistência”.

“A cada dia eu perguntava às enfermeiras e respondiam que ela era muito forte e muito disciplinada para seguir o tratamento”, contou à AFP.

A Indonésia registra oficialmente mais de 26.000 casos de coronavírus e 1.613 mortes. Mas o país faz poucos testes de detecção, o que leva os especialistas a acreditar que os números reais são muito maiores.

Veja também

+ Receita abre consulta a segundo lote de restituição de IR, o maior da história
+ Homem encontra chave de fenda em pacote de macarrão
+ Baleias dão show de saltos em ilhabela, veja fotos!
+ 9 alimentos que incham a barriga e você não fazia ideia
+ Modelo brasileira promete ficar nua se o Chelsea for campeão da Champions League
+ Cuide bem do seu motor, cuidando do óleo do motor
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança