Giro

Índice europeu começa novembro com nova máxima recorde e impulso de setor bancário

Crédito: REUTERS/Toby Melville

O clima global também era apoiado por impulso pós-eleitoral no Japão e pela estabilização dos preços do carvão na China. (Crédito: REUTERS/Toby Melville)

Por Anisha Sircar

(Reuters) – As ações europeias bateram máximas recordes nesta segunda-feira, adentrando novembro com um forte impulso vindo de relatórios de lucros animadores, enquanto uma alta nas ações bancárias impulsionava os mercados da zona do euro.



O clima global também era apoiado por impulso pós-eleitoral no Japão e pela estabilização dos preços do carvão na China.

Os bancos da zona do euro saltavam 2,2% –atingindo seu nível mais alto em mais de dois anos–, enquanto investidores seguravam suas apostas por dois aumentos nas taxas de juros pelo Banco Central Europeu (BCE) no próximo ano.

+Bolsas de NY avançam e índices têm recordes históricos

+ Especialista revela o segredo dos bilionários da bolsa. Inscreva-se agora e aprenda!



“Há muito otimismo em relação aos balaços corporativos, é o fator positivo pelo qual as empresas se recuperando”, disse David Madden, analista de mercado da Equiti Capital.

“Passamos muito tempo temendo a redução gradual dos estímulos em setembro e no início de outubro. Acho que as pessoas agora verão a redução gradual como um sinal positivo, de que o círculo pode ser completamente fechado.”

O índice pan-europeu STOXX 600 tinha alta de 0,61%, a 478,40 pontos.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançava 0,53%, a 7.276,12 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subia 0,88%, a 15.826,94 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhava 1,03%, a 6.900,96 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib tinha valorização de 1,24%, a 27.208,68 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrava alta de 1,30%, a 9.175,90 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizava-se 1,26%, a 5.804,30 pontos.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEHA016Q-BASEIMAGE