Edição nº 1150 09.12 Ver ediçõs anteriores

Índice de desmatamento na Amazônia cresce 80% em setembro

Índice de desmatamento na Amazônia cresce 80% em setembro

O ritmo de trabalho das motosserras na Amazônia foi incessante em setembro. Segundo o Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD), do Imazon, a devastação atingiu 802 quilômetros quadrados (km²) da Amazônia Legal, região que envolve nove estados brasileiros. O indicador representa um aumento de 80% em comparação com igual período de 2018, quando o desmatamento somou 444 km². O Pará foi o estado de maior concentração da floresta derrubada no período, com 428 km² de área desmatada. Oito dos dez municípios que mais desmataram fazem parte do território paraense, que representa 56% da área total derrubada. Além do Pará, os estados que mais desmataram foram Rondônia (13%), Amazonas (11%), Acre (11%) e Mato Grosso (10%). O sistema ainda mostra que a maioria (48%) do desmatamento ocorreu em áreas privadas ou sob diversos estágios de posse. O restante foi registrado em assentamentos (31%), unidades de conservação (14%) e terras indígenas (7%).

(Nota publicada na Edição 1147 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Desmatamento na Amazônia avança mais de 200% em outubro

O apetite das motosserras na floresta amazônica segue insaciável. Segundo dados do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia [...]

Combos livres no Burger King

Para ajudar a preservar o meio ambiente, o Burger King Brasil decidiu retirar as caixas de papelão do combo King Jr., voltado a [...]

Governo quer desobrigar empresa de cumprir cota para trabalhador com deficiência

O governo Bolsonaro quer acabar com a política de cotas para pessoas com deficiência ou reabilitadas. O projeto de lei 6.159/2019, que [...]

Empresas do Bem – A responsabilidade social da Cogna

A Cogna, holding que administra diversas marcas educacionais como Kroton, Saber, Platos e Vasta/Somos, está reforçando o seu papel social. Desde que Camilla Veiga assumiu a área de responsabilidade social da empresa, no fim de 2018, os projetos não param. Mais de 1,5 milhão de pessoas já foram impactadas por meio de 1,7 mil programas […]

A farra dos agrotóxicos

A aprovação de pesticidas, alguns deles proibidos em outras partes do mundo, tornou-se uma ação rotineira para o Ministério da [...]
Ver mais