Economia

Indicador de recuperação de crédito da Boa Vista avança 1,5% em novembro

O indicador de recuperação de crédito da Boa Vista registrou avanço de 1,50% em novembro ante outubro, na série com ajuste sazonal, conforme dados divulgados nesta quinta-feira, 12, pela empresa. Na comparação com igual mês de 2018, o aumento foi de 4,0%.

A Boa Vista destaca que, na comparação mensal, o indicador mostrou a terceira alta consecutiva, beneficiado pelo resgate dos recursos do FGTS. Segundo pesquisa da empresa, 56% dos consumidores que fariam os saques usariam o dinheiro para pagar contas.

Na margem, mostraram recuperação de crédito as regiões Nordeste (3,4%), Sudeste (3,0%) e Norte (0,5%). Sul (-3,9%) e Centro-Oeste (-2,6%), por outro lado, registraram queda.

Nos 12 meses encerrados em novembro, por outro lado, o indicador de recuperação do crédito continua registrando queda, de 2,80%. Segundo a empresa, o dado sinaliza a dificuldade dos consumidores com dívidas em atraso de reequilibrarem sua situação financeira e saírem do cadastro de inadimplentes, por causa dos elevados níveis de desocupação e subutilização da força de trabalho.

Nesta base de comparação, apenas o Norte (1,6%) mostrou melhora na recuperação de crédito. A queda mais intensa aconteceu na região Sul (7,6%), seguida por Centro-Oeste (-3,7%), Nordeste (-2,7%) e Sudeste (-1,8%).

O indicador de recuperação de crédito é elaborado a partir da quantidade de exclusões dos registros de dívidas vencidas e não pagas informados anteriormente à Boa Vista pelas empresas credoras.

Veja também

+ Caixa libera FGTS emergencial para nascidos em julho nesta segunda-feira (10)

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?