Giro

Índia supera 20.000 mortes por coronavírus

Índia supera 20.000 mortes por coronavírus

Hospital de campanha em Mumbai - AFP

A Índia superou nesta terça-feira a barreira de 20.000 mortes atribuídas oficialmente à pandemia do novo coronavírus, que continua em propagação no país e levou Mumbai a abrir quatro novos hospitais de campanha.

A epidemia é particularmente agressiva nas grandes cidades indianas de Mumbai, Nova Délhi e Madras.

De acordo com os especialistas, o pico da epidemia não será alcançado antes de várias semanas, apesar de dois meses de confinamento (do fim de março até o início de junho).

Na aglomeração de Mumbai, que representa sozinha quase 25% das 20.160 mortes por COVID-19 registradas na Índia, as autoridades inauguraram nesta terça-feira quatro hospitais de campanha adicionais – um deles com 700 leitos, construído em um hipódromo – para receber pacientes.

As novas infraestruturas acrescentam 3.500 leitos à megalópole de 20 milhões de habitantes, onde os hospitais tradicionais estão saturados há várias semanas pelo grande fluxo de enfermos.

O município reivindicou vários espaços públicos nos últimos meses para transformá-los em instalações de saúde.

A Índia se tornou na segunda-feira o terceiro país do mundo em número de casos declarados, superando a Rússia, atrás dos Estados Unidos e Brasil.

O país de 1,3 bilhão de habitantes tem, até o momento, 719.665 casos confirmados de COVID-19.

Apesar do fim do confinamento no início de junho, muitas restrições de saúde permanecem em vigor na segunda nação mais populosa do planeta.

Os voos internacionais estão proibidos desde março.

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?