Negócios

Impossible Foods busca liberação para vender produtos na Europa

A Impossible Foods entrou com pedido na União Europeia para liberar a venda de seus produtos no continente

Impossible Foods busca liberação para vender produtos na Europa

A Impossible Foods foi uma das primeiras empresas a iniciar a onda dos hambúrgueres plant-based ao ser fundada em 2011, na Califórnia. Desde então o resto do mundo vem acompanhando a nova moda, com concorrentes surgindo nos Estados Unidos e Brasil, onde grandes empresas de proteína animal se juntaram a novas companhias para criar um hamburger de carne vegetal.

Já estabelecida no mercado americano e asiático, a Impossible Foods agora inicia seu plano para entrar em um novo e gigante mercado: a Europa. Segundo a CNBC, a empresa de alimentos plant-based entrou com pedido na Autoridade Europeia de Segurança Alimentar para autorizar o uso de Leg-hemoglobina (hemoglobina sintetizada em laboratório) feita de soja na União Europeia. O produto é feito de levedura modificada e é o responsável por fazer com que o disco de carne vegetal da marca tenha o “sabor” de carne.

A União Europeia tem um histórico de rigidez para a entrada de produtos geneticamente modificados nos países do bloco, então é esperado que o processo de aprovação ainda demore para ser concluído. A lentidão pode significar perda de market share da Impossible Foods no velho continente, uma vez que sua principal rival, Beyond Meat, já anunciou que irá começar a vender seus produtos na Europa em 2020.