Geral

IGP-M tem inflação de 0,41% na segunda prévia de setembro

Itaboraí (RJ) - Anúncio de aluguel de lojas e salas se espalham pela cidade. O desemprego aumentou após a redução das obras do Comperj (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

A taxa é superior ao 0,03% registrado na segunda prévia de agostoTânia Rêgo/Agência Brasil

A inflação medida pelo Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), usado no reajuste dos contratos de aluguel, registrou taxa de 0,41% na segunda prévia de setembro. A taxa é superior ao 0,03% registrado na segunda prévia de agosto. Com o dado, divulgado hoje (18) pela Fundação Getulio Vargas (FGV), o IGP-M acumula deflações (quedas de preços) de 2,16% no ano e de 1,51% em 12 meses.

A alta da taxa foi puxada pelos preços no atacado, já que o Índice de Preços ao Produtor Amplo, passou de uma deflação de 0,14% na segunda prévia de agosto para uma inflação de 0,63% em setembro.



O Índice Nacional da Construção Civil também registrou inflação (0,22%) na segunda prévia de setembro, porém inferior à taxa de agosto (0,31%).

O Índice de Preços ao Consumidor, que mede o varejo, teve deflação de 0,10% em setembro, ante uma inflação de 0,36% em agosto. A segunda prévia do IGP-M é calculada com base em preços coletados entre os dias 21 do mês anterior e 10 do mês de referência.

 

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Tópicos

IGP-M