Negócios

iFood doa R$ 5 milhões ao Butantan e gera desconforto no setor

Crédito: Pixabay

A ação gerou à empresa por dizer que os entregadores de aplicativos deveriam ser vacinados (Crédito: Pixabay)

No final da semana passada, o iFood anunciou uma doação de R$ 5 milhões para ajudar na construção da nova fábrica do Instituto Butantan, responsável pela produção da vacina CoronaVac no Brasil. A ação gerou um desconforto no setor e críticas à empresa por dizer que os entregadores de aplicativos deveriam ser vacinados.

+ Butantan recebe no dia 3 insumos para mais 8,6 milhões de vacinas



De acordo com a coluna Painel S.A. do jornal Folha de S. Paulo, o presidente da empresa, Fabrício Bloisi, argumentou que os trabalhadores estão na linha de frente de uma atividade essencial durante o isolamento social. Em uma publicação, ele explicou que a doação foi feita para apoiar a vacinação da categoria no país.

No entanto, a empresa ressaltou que não pediu ao governo prioridade para os entregadores. A ABO2O, associação que reúne empresas como Rappi, Loggi e 99, disse à coluna que a priorização de grupos cabe aos especialistas. O iFood também deve doar R$ 5 milhões para a Fiocruz.

+ Especialista revela o segredo dos bilionários da bolsa. Inscreva-se agora e aprenda!