Finanças

Ibovespa sobe pela 3ª sessão seguida diante de menor receio com Ômicron

Crédito: Divulgação - B3

O Ibovespa subiu 1,7%, a 106.858,87 pontos, maior nível de fechamento desde 11 de novembro (Crédito: Divulgação - B3)

SÃO PAULO (Reuters) – O Ibovespa marcou a terceira alta seguida nesta segunda-feira, para o maior nível de fechamento desde meados de novembro, com menores receios em relação à Ômicron e o andamento da PEC dos Precatórios sustentando o clima positivo na bolsa brasileira.



Vale foi a maior contribuição positiva para o índice, enquanto Rumo ocupou a ponta oposta.

+ Bolsas de NY fecham em alta, com menor temor pela variante Ômicron

O Ibovespa subiu 1,7%, a 106.858,87 pontos, maior nível de fechamento desde 11 de novembro. O volume financeiro da sessão foi de 27,9 bilhões de reais.

As ações abriram em alta, em linha com as bolsas europeias e petróleo, em meio a informações preliminares menos negativas sobre a variante Ômicron. A abertura positiva em Nova York deu novo impulso, além de informação sobre encontro de autoridades do Congresso para debater a PEC dos Precatórios.

+ O economista Paulo Gala revela os caminhos para investir bem em 2022



“Essa terceira alta consecutiva é mais por conta de uma melhora da perspectiva”, disse Fred Nobre, analista sênior de investimentos da Warren, citando a aprovação da PEC no Senado e informações preliminares sobre a Ômicron ditaram uma correção na bolsa brasileira, após cinco quedas mensais seguidas.

Uma autoridade de saúde sul-africana disse que a nova variante do coronavírus causa infecções leves, enquanto Anthony Fauci, principal autoridade de doenças infecciosas dos EUA, disse que “não parece haver grande grau de gravidade” da variante até agora.

Os principais índices de Wall Street tiveram alta firme, com destaque para setores economicamente sensíveis e ações ligadas a viagens. No Brasil, a diminuição nos temores impulsionou papéis de aéreas e de CVC.

Na cena política, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e o da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), se reuniram com líderes de bancada para discutir a promulgação de partes da PEC dos Precatórios aprovadas pelas duas Casas. Uma fonte que acompanha as negociações disse à Reuters que parlamentares estão perto de um acordo para a promulgação ‘fatiada’, em sessão do Congresso Nacional ainda sem data, na tentativa de possibilitar o pagamento do Auxílio Brasil ainda neste ano.

A PEC, que altera as regras de dívidas do governo cujo pagamento foi determinado pela Justiça, e modifica o prazo de correção do teto de gastos, não agradou o mercado, mas foi vista, em geral, como a opção viável, em meio a temores de planos alternativos.

Na agenda dos próximos dias está a decisão de política monetária pelo Banco Central, que deve subir a Selic em 1,5 ponto percentual, segundo a projeção de economistas em pesquisa semanal Focus do Banco Central. Eles também elevaram levemente as estimativas para inflação neste ano e de 2022.

Na semana que vem, os formuladores de política monetária do Federal Reserve, dos EUA, se reúnem.

DESTAQUES

– GOL PN disparou 11,3%, maior alta desde novembro de 2020, enquanto AZUL PN subiu 10,6%, o maior salto desde maio, em meio a menores receios com a Ômicron. A Gol divulgou dados operacionais de novembro: a demanda por seus voos subiu 17,1% ante mesmo mês de 2020, enquanto a oferta avançou 20,4%. CVC teve alta de 5,9%.

– MÉLIUZ ON afundou 11,7%, devolvendo parte dos ganhos da última sessão, quando subiu mais de 30% na esteira de divulgação de dados da Black Friday.

– VALE ON subiu 5,4%, seguida por outras empresas de commodities metálicas, como USIMINAS PN, que teve alta de 3,9%, e CSN ON, que avançou 3,7%. Os contratos futuros do minério de subiram.

– PETROBRAS PN subiu 0,45% e a ON avançou 0,9%, mesmo após disparada de quase 5% do petróleo. O presidente Jair Bolsonaro disse ao Poder360 que a empresa deve nesta semana anunciar redução no preço de combustíveis. A estatal disse que não antecipa decisões de reajustes. As ações da Petrobras vinham performando melhor que o petróleo em parte dos últimos pregões.

– ITAÚ UNIBANCO PN subiu 1,2%, BRADESCO PN avançou 2,1%, BANCO DO BRASIL ON teve alta de 2,7% e SANTANDER BRASIL UNIT fechou estável.

– RUMO caiu 2,8% e COSAN cedeu 2,2%

– BRASKEM PN avançou 9,8%, na quarta sessão positiva seguida. Na semana passada, a Novonor disse que avalia vender as ações da companhia em follow-on e a Braskem anunciou dividendos. O papel também se beneficia de pregões positivos para empresas de commodities.

– EMBRAER ON também acompanhou alta das aéreas e empresas de turismo e subiu 5,6%. Além disso, a empresa anunciou dois acordos com empresas da Austrália que somam 60 encomendas de aeronaves elétricas de pouso e decolagem verticais (eVtol) feitas para a subsidiária Eve Urban.

– REDE D’OR ON caiu 3,2%, HAPVIDA ON cedeu 1,8%, SULAMERICA UNIT recuou 1,4% e INTERMÉDICA ON caiu 0,8%.

– CCR ON subiu até quase 8%, para o maior patamar intradiário desde julho, mas recuou em fechou em alta de 3,1%, após coluna do Lauro Jardim, no Globo, dizer que gestora canadense de fundos de pensão CDPQ tem interesse na fatia da companhia detida pela Andrade Gutierrez.

 

(Por Andre Romani)


Saiba mais
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto