Negócios

Ibovespa recua por decepção por PIB da China; Getnet e Lojas Americanas disparam

Ibovespa recua por decepção por PIB da China; Getnet e Lojas Americanas disparam

Sede B3

SÃO PAULO (Reuters) – O principal índice brasileiro de ações tinha baixa nesta segunda-feira, seguindo a tendência global negativa após a China anunciar crescimento econômico abaixo das expectativas. A sessão marca a estreia da Getnet, que disparava nos primeiros negócios.



Às 11:37, o Ibovespa mostrava recuo de 1,16%, aos 113.313,45 pontos. O giro financeiro da sessão somava 10,1 bilhões de reais.

O apetite do investidor por risco se esvaziou, após a China revelar que economia teve expansão de 4,9% de julho a setembro, menor do que a taxa de 5,1% esperada por analistas e com desaceleração ante a alta de 7,9% no segundo trimestre.

Assim, ações de exportadoras brasileiras de commodities para aquele mercado, especialmente das ligadas a metais, eram destaques negativos na sessão.

Os investidores aproveitavam esse ambiente mais negativo para vender ações que vinham exibindo reação, como as de empresas ligadas a consumo doméstico, assim como de construtoras. Nesse sentido, dados operacionais decepcionantes da Eztec davam força à realização de lucros.



Em relatório, a equipe de Levante Investimentos afirmou que “as más notícias econômicas na China e, no caso brasileiro, as incertezas de Brasília”, como riscos de rompimento do teto fiscal, justificam uma pressão de curto prazo no Ibovespa.

DESTAQUES

– LOJAS AMERICANAS dava um salto de 19% e AMERICANAS subia 3%. As companhias anunciaram pela manhã que avaliam fundir suas operações antes de uma planejada listagem do grupo na Nasdaq. Em nota a clientes, o Bradesco BBI avaliou que a fusão melhora a governança por ter apenas uma classe de ações e simplifica a estrutura, já que Lojas Americanas provavelmente será extinta como holding.

– CSN caía 4,2%, USIMINAS tinha baixa de 4,1%, VALE perdia 2,1%, com o setor doméstico ligado a commodities metálicas refletindo mais diretamente a decepção do mercado com o crescimento econômico da China abaixo das expectativas.

-FLEURY recuava 0,9%, após anunciar que acertou a compra do rival menor Marcelo Magalhães, de Pernambuco, numa operação avaliada em 384,5 milhões de reais. Em nota, o Credit Suisse considerou alto o valor pago pelo negócio, o que exigirá sinergias significativas como compensação.

– GETNET, empresa de pagamentos do Santander subia 33% na estreia na B3. A unit do Santander Brasil tinha alta de 1,1%.

– EZTEC desabava 5,3%. A construtora anunciou na noite de sexta-feira que teve 255 milhões de reais em vendas no terceiro trimestre, queda de 23,6% ano a ano. No setor, CYRELA tinha queda de 3,2%. O BTG Pactual manteve recomendação de compra para a ação, mesmo admitindo que o cenário de curto prazo possa ser desafiador.

– PETROBRAS cedia 0,7% e PETROBRAS tinha oscilação negativa de 0,07%, em dia de alta das cotações internacionais do barril do petróleo, mas após um fim de semana em que entidades de caminhoneiros voltaram a ameaçar com greve nacional em protesto contra os preços dos combustíveis.

Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em

Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em

(Edição Alberto Alerigi Jr.)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH9H0TR-BASEIMAGE


Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?