Finanças

Ibovespa fecha em alta com ajuda de Vale em meio a balanços; Ambev dispara

Crédito: REUTERS/Amanda Perobelli

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa fechou em alta de 0,3%, a 119.920,61 pontos. O volume financeiro somou R$ 32 bilhõeseletrônico do B3 que mostra cotações de ações (Crédito: REUTERS/Amanda Perobelli)

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) – O Ibovespa subiu nesta quinta-feira, ajudado pelo desempenho de Vale na esteira da alta do minério de ferro na China, enquanto balanços trimestrais tiveram repercussão distinta, com Ambev disparando quase 9%, mas Ultrapar caindo cerca de 7%.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa fechou em alta de 0,3%, a 119.920,61 pontos. O volume financeiro da sessão somou 32 bilhões de reais.

+ Bolsa de valores tem maior queda desde março



Além do noticiário corporativo, o diretor de investimentos da BS2 Asset, Mauro Orefice, também destacou a decisão do Banco Central na véspera, de elevar a taxa básica de juros a 3,50% e sinalizar uma taxa de 4,25% em junho.

“O comunicado foi mais ‘hawkish’ do que o mercado esperava antes da decisão, praticamente contratando mais uma alta de 0,75 na próxima reunião”, afirmou, embora deixando a parta aberta para eventualmente acelerar ou reduzir o passo se precisar.

Na visão de uma série de bancos globais, após a decisão e o comunicado do BC, a Selic deve agora subir mais rápida ou agressivamente.

Orefice, da BS2 Asset, acrescentou que o mercado continua acompanhando o ambiente político conturbado no Brasil, com a CPI da Covid no radar. Nesta quinta-feira, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, participava de audiência na comissão.

Wall Street fechou com o Dow Jones em máxima recorde, sustentado por otimismo vindo de dados semanais de pedidos de auxílio-desemprego, que ainda beneficiou o S&P 500.

DESTAQUES

– AMBEV ON disparou 8,88% após reportar lucro líquido de 2,73 bilhões de reais no primeiro trimestre, ajudado pela redução de medidas de restrição adotadas por causa da pandemia de Covid-19. A fabricante de bebidas afirmou que a meta agora é recuperar margens, mas para 2021, espera que a pressão sobre elas permaneça, embora estime que o desempenho melhor do que o esperado da receita deve continuar impulsionando a recuperação da empresa e ajudar a compensar parcialmente as pressões sobre o custo.

– VALE ON subiu 3,92%, beneficiada pela alta dos preços do minério de ferro na China, com o contrato para setembro na bolsa de Dalian fechando em alta 6,8%, para 1.184 iuanes (182,77 dólares) por tonelada.

– SABESP ON ganhou 4,92%, após a companhia de saneamento básico do Estado de São Paulo decidir não exercer a opção de compra de fatia na Sociedade de Propósito Específico (SPE) da Iguá que venceu a disputa pelo bloco 2 da empresa de saneamento fluminense Cedae, semana passada.

– ELETROBRAS PNB avançou 4,08%, após comentários do secretário da Desestatização do Ministério da Economia, de que o governo espera concluir a privatização da elétrica até janeiro de 2022, com expectativa de que a medida provisória que abre espaço para a operação possa ser votada na Câmara dos Deputados na semana do dia 17 deste mês.

– ULTRAPAR ON caiu 6,84%, tendo de pano de fundo balanço do primeiro trimestre, com queda de quase 19% no lucro. Em teleconferência, o presidente do conglomerado industrial, Frederico Curado, afirmou ainda que a Ultrapar está avaliando entrar no mercado de gás natural no Brasil, em meio ao processo de quebra do monopólio da Petrobras.

– GPA ON recuou 4,71%, mesmo após lucro líquido de 127 milhões de reais no primeiro trimestre, ante prejuízo de 119 milhões um ano antes. A varejista também disse que vai vender alimentos em marketplaces. Analistas do Safra chamaram a atenção para um cenário ainda difícil no segundo trimestre por causa da Covid-19, bem como veem risco ligado à monetização pelo GPA da fatia na Cnova.

– PETROBRAS PN caiu 1,38%, seguindo o declínio dos preços do petróleo no exterior, após valorização relevante na véspera.

– MERCADO LIVRE teve baixa de 5,5% em Nova York, mesmo após dobrar sua receita no primeiro trimestre, de 1,4 bilhão de dólares. O prejuízo líquido no trimestre somou 34 milhões de dólares, ante 21,1 milhões em igual etapa de 2020, com o Mercado Livre mantendo foco na expansão de estrutura logística e tecnológica.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH4518F-BASEIMAGE

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago