Finanças

Ibovespa cai 7,6% após circuit breaker em meio à crise global do coronavírus

Crédito: Reprodução/YouTube/B3

O dia começou agitado na B3, quando atingiu baixa de 12% vinte minutos após abertura do pregão (Crédito: Reprodução/YouTube/B3)


O principal índice da bolsa de valores de São Paulo, o Ibovespa, encerrou o pregão desta quarta-feira em queda de 7,6%. O mercado está em modo de atenção devido à crise global do coronavírus. Hoje, a Organização Mundial de Saúde (OMS) decretou estado de pandemia mundial.

Durante a sessão, quando o índice superou a baixa de 10%, as negociações foram suspensas por 30 minutos, o chamado circuit breaker. É a segunda vez na semana que o mecanismo é acionado.

+ Saiba o que é uma pandemia
+ Ouro fecha em queda apesar da fuga de ativos de risco no mercado acionário
+ Mercados mundiais pouco animados, apesar dos esforços dos bancos centrais

Na segunda-feira, quando houve a outra interrupção no pregão, o Ibovespa fechou em queda superior aos 12%. Porém na terça-feira, houve recuperação parcial de 7,14%.

Desta vez, as maiores quedas do dia foram dos papéis das companhias aéreas Gol (GOL PN N2), de 10,18%, e da Azul (AZUL PN N2), com 5,92%.