Negócios

Ibovespa avança e ronda 102 mil pontos com apoio externo



Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) – O Ibovespa engatava a terceira alta seguida nesta terça-feira, favorecido pelo avanço de bolsas no exterior e alta de commodities como o petróleo e o minério de ferro, com as ações do GPA capitaneando os ganhos.

A decisão da China de flexibilizar alguns requisitos de quarentena contra a Covid-19 corroborava o viés positivo nos mercados no exterior, uma vez que apoia esperanças de retomada do crescimento global.

Às 10:54, o Ibovespa subia 1,22%, a 101.993,30 pontos. Na máxima até o momento, chegou a 102.237,09 pontos. O volume financeiro somava 3,75 bilhões de reais.




A China reduziu pela metade o tempo de quarentena para viajantes que chegam ao país, restrição que dificultava viagens dentro e fora do país desde 2020 e desacelerava a atividade econômica.

Pequim e Xangai também não relataram novas infecções locais de Covid-19 nesta terça-feira. Essa é a primeira vez que as duas cidades não registram casos simultaneamente desde o final de fevereiro.

Em Wall Street, o S&P 500 subia 1%.


“A decisão do governo chinês de relaxar as regras de quarentena, inclusive para estrangeiros, seguiu trazendo alívio à aversão ao risco”, avaliou a equipe do departamento de economia do Bradesco, em nota a clientes.

Eles ponderaram, contudo, que preocupações com as persistentes pressões inflacionárias e com os impactos sobre a atividade econômica, por conta da postura mais rígida dos bancos centrais, seguem limitando a recuperação dos mercados.

DESTAQUES

– VALE ON avançava 1,7%, uma vez que o preço do minério de ferro atingiu uma máxima de uma semana nesta terça-feira. Os preços de outros insumos e produtos siderúrgicos também subiram.

– PETROBRAS PN subia 2,3%, tendo ainda no radar que reiniciou os processos de venda de refinarias em Pernambuco, Paraná e Rio Grande do Sul, assim como os ativos logísticos integrados a elas.

– GPA ON ganhava 4,6%. Analistas do Itaú BBA retomaram a cobertura do papel com recomendação “outperform” e preço-alvo de 32 reais, segundo relatório a clientes no final da segunda-feira, enxergando uma relação risco/retorno positiva.

– BB SEGURIDADE ON valorizava-se 2,85%, um dia após anunciar que destinará 80% do lucro do primeiro semestre para dividendos. O Itaú BBA também elevou a recomendação dos papéis para “outperform”, com preço-alvo de 32 reais.

– CVC BRASIL ON subia 1%, após seis quedas seguidas, quando perdeu quase 16%. A alta segue o avanço de ações ligadas a viagens no exterior, após as notícias da China. AZUL PN ganhava 2,8% e GOL PN, 1,6%.

– IRB BRASIL RE ON perdia 1,7%, na quinta sessão consecutiva no vermelho, desde que reportou prejuízo no mês de abril, o que trouxe preocupações sobre uma eventual necessidade de aumento de capital pela resseguradora.

Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em

Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em

(Edição Alberto Alerigi Jr.)

tagreuters.com2022binary_LYNXMPEI5R0OS-BASEIMAGE






Tópicos

Updated